“Para participar de uma caravana humanitária basta estar disposto a servir”

A afirmação é do cirurgião dentista Marco de Luca, de São Carlos (SP), que acaba de chegar do Malawi, na África, onde participou de uma caravana de profissionais de saúde organizada pela Fraternidade Sem Fronteiras

Por Flávio Resende*

Suspensa desde o início da pandemia, a Caravana da Fraternidade sem Fronteiras (FSF) para o Malawi, enfim, cumpriu sua missão. De 8 a 21 de março de 2022, 15 caravaneiros brasileiros, de todas as regiões do Brasil, embarcaram rumo ao país africano, com o propósito de apoiar as ações humanitárias desenvolvidas pela organização lá.

Um destes voluntários é o cirurgião dentista Marco Antonio Nastri de Luca, de São Carlos (SP), que completa sua quarta missão