Últimos dias de inscrição: Maratona de ideação procura soluções para proteger e desenvolver o Cerrado

Nos próximos dias, três lives trarão especialistas para falar sobre incêndios no Cerrado, produtos da natureza e inovação na conservação da biodiversidade. Domingo (19) é o último dia de inscrição para o hackathon

 

Esta é a última semana de inscrição para quem quer desenvolver soluções para contribuir com a proteção e o desenvolvimento do Cerrado. A nova edição do Conservathon – iniciativa da Fundação Grupo Boticário – busca propostas que tornem a prevenção e o combate aos incêndios mais eficientes, reduzindo impactos à fauna; e que agreguem valor às cadeias dos produtos nativos da região. As inscrições seguem até o próximo domingo (19) pelo site conservathon.teiadesolucoes.com.br.

 

Os participantes desenvolverão e aprimorarão soluções criativas, inovadoras e aplicáveis ao longo de um hackathon on-line de três dias – que ocorrerá entre os dias 21 e 23 de setembro. A participação é gratuita e as vagas para o evento são limitadas.

 

As três melhores propostas desenvolvidas no hackathon receberão prêmios de R$ 10 mil, R$ 5 mil e R$ 2 mil. Entre os critérios analisados estarão inovação, criatividade, impacto à conservação da natureza, viabilidade e capacidade de execução.

 

“O Cerrado é a savana mais rica do planeta, considerado o berço das águas do Brasil, e o Conservathon é uma oportunidade para reunirmos diferentes olhares para encontrarmos soluções criativas, inovadoras e executáveis para esse bioma tão importante. Unir pessoas de todo o Brasil com o interesse em cocriar soluções que conciliam preservação e desenvolvimento sustentável”, explica a gerente de Ciência e Conservação da Fundação Grupo Boticário, Marion Silva, lembrando que as propostas desenvolvidas no Conservathon podem ser levadas adiante pelas equipes e serem aproveitadas em projetos ou negócios.

 

A iniciativa pretende reunir mentes criativas com espírito transformador de todo o Brasil. Podem participar profissionais dos setores privado e público, OSCs (organizações da sociedade civil), ONGs, startups, assim como atuantes nas áreas de Tecnologia e Inovação, Engenharia, Biologia, Ecologia, Comunicação, Gestão, Economia, Unidades de Conservação, prevenção e combate a incêndios, pesquisa e membros de comunidades tradicionais de qualquer região do país.

 

O Conservathon é um dos formatos da teia de soluções da Fundação Grupo Boticário. É inspirado na dinâmica dos hackathons, eventos que reúnem uma grande quantidade de pessoas durante um curto espaço de tempo para pensarem soluções inovadoras para problemas específicos. Nesta edição, os participantes terão de criar ideias para dois desafios do Cerrado do Nordeste Goiano: tornar a prevenção e o combate aos incêndios mais eficientes, reduzindo impactos à fauna; e agregar valor às cadeias dos produtos nativos do Cerrado.

 

E a programação começa antes mesmo da maratona. Nos dias 13, 14 e 20 de setembro, às 19 horas, três lives trarão informações úteis para todo mundo. No primeiro dia, especialistas falarão sobre incêndios no Cerrado, apresentando a realidade e as lacunas no combate e prevenção. No dia 14, um novo grupo de palestrantes abordará o tema de produtos da natureza, relatando os principais desafios das cadeias da sociobiodiversidade no Cerrado. Por fim, no dia que antecede o começo da maratona, especialistas retratarão a inovação na conservação da biodiversidade. A programação completa, o formulário de inscrição e o regulamento estão disponíveis no site https://conservathon.teiadesolucoes.com.br/

Veja também

Fomento a Negócios Sociais

Gerando Falcões Promove Empreendedorismo em Periferias Desenvolvimento econômico em periferias é um dos focos da Gerand