Artigos

Marketing Social: alternativa para reposicionamento de marca ou criação de vínculos, além do consumo

Autor: Flávio Resende

De pernas para o ar desde a chegada da pandemia, o mundo tem compreendido a importância da implementação de projetos de impacto social capazes de trazer benefícios para a própria sociedade; para colaboradores de organizações que promovem este tipo de iniciativa; e, por que não, para o fortalecimento da marca de quem, no mercado, opta por este caminho.

Com isso, são cada vez mais recorrentes empresas que implementam metodologias com soluções sustentáveis, além de boas práticas que, direta ou indiretamente, contribuem para a mudança que desejamos ver no mundo.

Por definição, Marketing Social defende a utilização de ferramentas de marketing para a promoção de causas sociais alinhadas aos princípios da empresa. Mas é muito importante compreender, aqui, a diferença entre Marketing Social e uso de causas sociais para impulsionar o marketing comercial.

No primeiro conceito, as ações e programas desenvolvidos fazem parte do posicionamento de marca da empresa, bem como de seu DNA. Os valores comunicados a funcionários e stakeholders passam, de fato, pela crença de que a empresa pode e deve ser agente de transformação de realidades.

Já nas empresas que usam causas sociais para impulsionar seu marketing comercial, a estratégia costuma